fechar× Entre em contato (71) 98103-0300

Madero cresce 67% em faturamento

blog-image
2017 foi decisivo para a consolidação do Madero como uma das maiores redes de “casual dining” do país. Além de ultrapassar o número de 110 restaurantes espalhados pelo Brasil (com um deles em Miami-EUA), e lançar uma nova marca – o Jeronimo Smash Burger –, a rede de restaurantes obteve crescimento de 67% em seu faturamento, alcançando a notável marca de R$ 510 milhões, valor expressivo considerado o momento extremamente desafiador da economia brasileira.
 
Não por acaso, os números animadores correspondem ao ano em que a marca fez fortes investimentos em trabalhos de tradução de seus valores e dos principais pilares que norteiam o grupo e as pessoas que o compõem. No segundo semestre foi iniciada uma forte campanha de comunicação, veiculada nos meios digitais, televisão por assinatura, cinemas e revistas, para expressar o novo posicionamento da marca e seus principais atributos. Comida saudável e gostosa, preços honestos e principalmente muito carinho com os detalhes, a qualidade, o meio-ambiente, as pessoas envolvidas em toda a cadeia de produção e de atendimento e, claro, com os clientes que tem prestigiado cada um dos endereços do grupo.
 
Para Junior Durski, chef, fundador e presidente do Madero, o segredo para crescer no cenário de crise, além de um posicionamento inovador e claro, é o foco implacável na combinação alta qualidade dos produtos + preços honestos, além de uma cadeia produtiva praticamente 100% verticalizada, que ajuda a garantir excelência em todas as etapas do processo e a melhorar os custos. “Para este ano, nosso planejamento é ultrapassar a marca de R$1,1 bilhão em faturamento e gerar mais de 1.700 novos postos de trabalho, passando dos atuais 3.700 funcionários para 5.400”, revela o empreendedor. O grupo ainda prevê o lançamento de três novas marcas ainda nesse primeiro semestre.
 
Por dentro do Madero – A expansão do Madero, rede do setor de alimentação que mais cresceu no país em 2017, segundo a Deloitte/Exame, consolidou sua presença em estados como São Paulo (13 restaurantes), Minas Gerais (4) e Rio Grande do Sul (6) e expandiu sua atuação na região Norte, com a chegada do Madero Container Capim Dourado Shopping, em Palmas, capital do Tocantins. Só na Grande São Paulo foram seis novos restaurantes abertos: quatro no ABC (sendo dois em São Bernardo do Campo, um em Santo André e um em São Caetano), um em Barueri e um em Guarulhos. Isso significa que, hoje, o Madero está presente em 13 estados e 62 cidades no país. Ao longo de 2017, foram abertas 18 restaurantes do modelo container, 11 do steak house e uma do modelo burger, além da reforma completa e reabertura de dois dos primeiros restaurantes da marca, em Curitiba (Madero Steak House Palladium Curitiba) e Goiânia (Madero Steak House Goiânia Shopping).

Fechando 2017 com 110 restaurantes em funcionamento, a rede Madero se tornou referência no setor de alimentação fora do lar, com hamburgers assado em fogo forte, além de cortes de carne e opções de massas e saladas. A alma do trabalho de Durski é a qualidade em cada detalhe da criação de um cardápio que se propõe a ser gostoso e saudável. Trata-se de uma busca incessante que é proposta e exigida por ele de toda sua equipe. “Não abro mão da qualidade em tudo o que fazemos e oferecemos em nossos restaurantes. Para conquistá-la, optei por uma gestão verticalizada, pela qual conseguimos atuar em todos os processos e levar ao cliente o que há de melhor. Temos total controle sobre nossa produção, sobre a distribuição, sobre tudo o que fazemos e entregamos ao cliente”, afirma.
O Madero vai continuar sua forte expansão em 2018, com previsão de inauguração de 29 novos restaurantes, sendo 15 no modelo container e 14 steak houses.